PRECE A OXALÁ


Pai Oxalá!

Nós vos evocamos e vos pedimos o fortalecimento de nossa fé e o despertar de nossa religiosidade.

Fazei com que busquemos, cada vez mais, os bons ensinamentos, sentimentos e atitudes que nos elevem e

nos conduzam à Luz do nosso Divino Criador.

Pedimos, Divino Pai Oxalá, a força, a coragem, a resignação e inspiração para que só pratiquemos o bem.

Sabemos como é difícil seguir a Vossa Senda, pois temos consciência das nossas fraquezas e das nossas

imperfeições. Entretanto, Sagrado Pai, nós nos esforçamos para sermos dignos de vossa bênção e de

vosso perdão.

Acrescenta-nos a fé inabalável, descortina-nos as raízes comuns da vida, a fim de compreendermos,

finalmente que somos irmãos uns dos outros.

Temos o coração chagado e os pés feridos na longa marcha, através das incompreensões que nos são

próprias, e nossa mente, por isto, aspira ao clima da verdadeira paz, com a mesma aflição por que o

viajante extenuado no deserto anseia por água pura.

Impeça-nos, Pai, de sucumbimos diante de provas elementares e regredirmos praticando atitudes

impensadas. Capacite-nos com a necessária humildade e compreensão para ajudarmos nossos irmãos

infelizes e infunde-nos o dom de nos ampararmos mutuamente.

Pedimos força, coragem, paz, amparo, saúde física e espiritual e o luzir de nossos espíritos com a

capacidade de amar e perdoar.

Ensina-nos a agir sem as algemas das paixões e a cultivar o campo das nossas almas. Conduze-nos aos

caminhos direitos, auxilia-nos a construir a nossa casa eterna. Compadece-te de nosso espírito frágil, abre

os nossos olhos e mostra-nos a estrada do teu Reino.

Sagrado Pai, livra-nos da submissão aos espíritos viciosos, embusteiros e obsessivos e para eles vos

rogamos a vossa misericórdia porque há sempre quem peça pelos perseguidos, mas raros se lembram

de auxiliar os perseguidores! Há muitos que rogam pelos fracos para que sejam, a tempo, socorridos, no

entanto, raríssimos corações imploram concurso divino para os fortes. Se salvas, em verdade, as vítimas

do mal, buscas, igualmente, os pecadores, os infiéis e os injustos. Teu amor é perfeito e infinito porque

amparas, na hora justa, os que causam a cegueira, a enfermidade e o desânimo!

Que cada um de nós se sinta fortalecido e ungido das vossas graças, agora e durante toda a nossa

passagem terrena.

Que a maldade não tenha forças e poder sobre nós e que qualquer ação levantada contra nós encontre a

vossa presença e se quebre em choque com as obras de luz e possam eles sentir-te o desvelado carinho,

porque também te amam e te buscam, inconscientemente, embora permaneçam supliciados no vale fundo

de sentimentos escuros e degradantes.

Sagrado Pai Oxalá, fortaleça-nos e proteja-nos com vosso escudo invisível do poder de Deus, mantendo-
nos unidos e permiti que caia o orvalho do vosso amor infinito sobre o nosso modesto Terreiro e nos

nossos lares.

Salve Oxalá, Luz da nossa Fé e regente da eternidade dos que vivem na Fé em Olorum!

autor : Rui de Omulu

Medium do Terreiro Pai Oxalá e Mãe Iemanjá

publicado por galileu às 18:02 | comentar | favorito